Candidíase Vaginal (Parte 1-4)

A Candidíase Vaginal é uma infecção causada por um fungo denominado de Cândida albicans. Normalmente, este fungo se encontra em pequenas quantidades no interior ou redor da área vaginal, sendo assintomático, ou seja, não tendo sintomas. No entanto, e quando o fungo se propaga em maior numero, os primeiros sintomas podem aparecer. Cheiro desagradável, sensações de ardor, corrimento vaginal, dores no ato sexual, desconforto e coceira são alguns dos sintomas mais conhecido.

Existem alguns fatores podem tornar mais propicio o desenvolvimento deste fungo. A gravidez, os diabetes, a utilização de contraceptivos, o consumo de esteroides, antibióticos, ou quaisquer doenças relacionadas com o enfraquecimento do sistema imunológico são algumas das condições que podem podem aumentar o aumento da candidíase.

Sintomas de Candidíase Vaginal podem também ser comuns após a menopausa. Devido ao declínio dos níveis de estrogênio, as paredes vaginais ficam mais finas e também menos protegidas contra o fungo Cândida.

Sintomas Clássicos da Candidíase Vaginal

* Prurido e ardor na zona ao redor da vagina.
* Corrimento vaginal de um liquido esbranquiçado.
* Dor durante a relação sexual.
* Ardor ao urinar.

Tratamento Natural Candidíase Vaginal

  • Ácido Bórico

O ácido bórico é uma substância química com propriedades antissépticas e antifúngicas e existe normalmente em forma de supositórios vaginais para o tratamento de candidíase.

Um estudo científico testou uma dose única de 150 miligramas de fluconazol oral (Diflucan), e supositórios vaginais de ácido bórico (600 miligramas por dia durante 14 dias) em 112 pacientes diabéticos com infecções recorrentes de Candidíase vaginal. No final do estudo, o tratamento vaginal com os supositórios vaginais de ácido bórico resultou numa maior taxa de cura (63,6%), em comparação com fluconazol (28,8%).

Existem no entanto preocupações de segurança com o ácido bórico. Pelo fato de ser tóxico, nunca deve ser ingerido, ou colocado sobre cortes ou feridas abertas. Não deve ser utilizado por um período prolongado de tempo, ou em quantidades maiores do que as recomendadas. Não deve ser utilizado por mulheres grávidas, ou aplicado à pele de recém-nascidos ou crianças. Os efeitos colaterais do supositórios podem incluir a irritação e ardor vaginal.

Supositórios de Ácido Bórico


Instruções para comprar este produto na Amazon.

  • Estilo de Vida, Fatores Ambientais.

O estilo de vida e os fatores ambientais são variáveis a ter em conta no tratamento de candidíase vaginal. Considere evitar o consumo de álcool, fumar ou passar por períodos longos de cansaço ou stress excessivo. Estes fatores prejudicam o bom funcionamento imunológico do seu corpo.

Durante um surto de Candidíase Vaginal deve promover atividades que proporcionem momentos saudáveis de qualidade. O exercício físico, a prática de Meditação, Yoga ou qualquer atividade que a faça sentir bem são ótimas opções complementares de tratamento de candidíase vaginal.

Na segunda parte deste artigo, pode ver as opões de nutrição que pode utilizar para tratar candidíase vaginal. Sabia que o iogurte simples quando aplicado na zona vaginal dá um alivio imediato e ajuda a eliminar o fungo causador pela cândida? Leia tudo na Parte 2 desta série de artigos.

2ª Parte do Artigo – Candidíase vaginal (Parte 2-4)

Sobre o Autor

Tenho uma paixão enorme por temáticas relacionadas com Nutrição, Bem Estar e metodologias naturais. Sou autora de publicações online e Eng. Biomédica de formação. Certifique-se de consultar o seu médico nas suas decisões de saúde. Escreva os seus artigos aqui também, seguindo as instruções no fim do site.