Como Prevenir Prostatite e Aumentar a Saúde da Próstata

Todo o homem com mais de 50 anos pode ser confrontado com alguma situação, benigna ou não, relacionada com a próstata. Vamos ver algumas possibilidades de prevenção e tratamento.

A próstata é uma glândula situada em torno da uretra, que é o canal que drena a bexiga. O seu nome vem da palavra grega “prostatas”, que literalmente significa “protetor”, “guardião”, por isso, da mesma forma que a próstata tem protegido você, também você necessita proteger a sua próstata.

No caso dos homens a próstata está na origem de algumas patologias associadas e muito comuns na classe etária mais elevada. Por isso mesmo deve considerar uma abordagem preventiva, terapias naturais e a consulta regular com o seu médico para despistar possíveis problemas a tempo.
Como Prevenir Prostatite e Aumentar a Saúde da Próstata

Prostatite (Alargamento da Próstata)

Principalmente em homens com mais de 50 anos, a glândula da próstata tende a crescer gradualmente. Se o crescimento for demasiadamente grande, pode começar a comprimir a uretra o que poderá tornar o ato de urinar mais complicado como:

  • Dificuldade em urinar
  • Urinar com mais frequência
  • Sentir que não consegue esvaziar a bexiga por completo

Prevenção e Tratamento para Alargamento da Próstata

O tratamento desta condição pode ser direcionado no encolher da próstata, o que muitas vezes pode ser feito utilizando uma variedade de soluções naturais que melhoram a saúde da próstata.
No caso de próstata aumentada, algumas ervas têm propriedades terapêuticas no aumento da saúde da próstata como:

  • Kombu
  • Certas algas marinhas como kombu que tem um efeito de abrandamento e drenagem de massas endurecidas no corpo, incluindo próstata inchada.

  • Saw Palmetto
  • Os frutos maduros de Saw Palmetto são utilizados em diversas formas, incluindo fruto, frutos secos ou bagas inteiras. Costuma também estar disponível na forma de extracto líquido, comprimido, cápsula ou em infusão (chá).

  • Urtiga
  • Segundo a Universidade do Mariland nos Estados Unidos, estudos realizados em pessoas sugerem que a urtiga, em combinação com outras ervas (especialmente Saw Palmetto), pode ser eficaz no alívio dos sintomas, tais como fluxo reduzido urinário, esvaziamento incompleto da bexiga, gotejamento pós micção, e a vontade constante de urinar.

  • Pygeum
  • Pygeum é um remédio à base de plantas contendo extratos da casca da Prunus africana. Ele é usado para aliviar um pouco o desconforto causado pela inflamação em pacientes que sofrem de hiperplasia benigna da próstata (aumento da próstata). Extrato da casca é comercializado sob os nomes de marca de Pigenil na Itália e na França Tadenan e usado normalmente em suas formas naturais na medicina tradicional Africana.

    banner300x250_fm_mapa_foto_mai14
  • Folhas de Buchu
  • Agathosma é um gênero de cerca de 140 espécies de plantas de florescência na família Rutaceae, nativa do sul da África. Os nomes comuns incluem Buchu, Boegoe, Bucco, Bookoo e Diosma.

  • Tomate
  • Estudos chegam á conclusão que o tomate, nomeadamente pela ação do licopeno, ajuda na saúde geral da próstata.
    Estudos pré-clínicos mostram que licopeno atua em vários mecanismos diferentes que têm o potencial para cooperar na redução e proliferação de células normais e cancerosas epiteliais da próstata.

Câncer de Próstata

O câncer de próstata é comum em homens idosos e embora a sua causa exata não seja ainda conhecida, a prevenção pode diminuir o risco. A próstata tende a crescer muito lentamente ao longo de muitos anos e pode vir a causar sintomas semelhantes aos de uma próstata aumentada. Nesse caso, a melhor prevenção para o câncer de próstata é a detecção precoce e exames de próstata regulares onde são efetuados exames laboratoriais, como o teste PSA (que quer dizer Prostate Specific Antigen) ou testes com ultra-som. Tenha em mente que um PSA elevado não é uma sentença de morte: ele pode simplesmente refletir hipertrofia benigna que não requer cirurgia.

O câncer de próstata é o câncer mais comum em homens e a segunda causa de morte por câncer logo depois do câncer de pulmão.

Os principais tratamentos recomendados são a cirurgia e radioterapia que têm, no entanto, uma probabilidade de cerca de 55% de vir a desenvolver impotência após a cirurgia, ou “apenas” cerca de 25% de chance no caso de tratamento por radiação. Estes tratamentos por radiação ou operação também podem originar uma chance de cerca de 5% de perca do controle da bexiga.

Nutrição Para Prevenir Câncer de Próstata

Segundo estudos, podem ser várias as influências genéticas e ambientais envolvidas na etiologia da saúde da próstata e câncer de próstata como a origem étnica, história familiar, tabagismo e a dieta. O excesso de ingestão de energia, especialmente gordura saturada ou gorduras animais está associado ao risco de câncer de próstata. Alguns estudos sugerem que a redução do risco pode ser obtida com dietas de baixa gordura ricos em ácidos graxos como Omega3 e pode haver um aumento do risco com dietas ricas em gordura ricos Omega 6. Outros estudos sugerem uma associação com um maior consumo de produtos lácteos e carne, possivelmente devido a aminas presentes na carne, assim como resultado de cozimento ou fritura.
A ingestão de alimentos de origem vegetal como cereais, produtos de soja, frutas e vegetais fontes de carotenoides, como as cenouras por exemplo, diminuem o risco de contrair câncer.

Soluções Naturais Para Aumentar a Saúde da Próstata

  • Vitamina A
  • Pesquisadores do Instituto Nacional de Câncer descobriram que homens com níveis significativamente menores de vitamina A tinham o dobro do risco de vir a desenvolver câncer de próstata. A vitamina A sob a forma de betacaroteno é seguro e eficaz.

  • Tomate
  • Estudos chegam á conclusão que o tomate, nomeadamente pela ação do licopeno, ajuda na saúde geral da próstata.
    A evidência epidemiológica sugere que o consumo de licopeno contribui para a redução do risco de câncer de próstata. Estudos pré-clínicos mostram que licopeno atua em vários mecanismos diferentes que têm o potencial para cooperar na redução e proliferação de células normais e cancerosas epiteliais da próstata. Também ajuda na redução dos danos do ADN, e na melhoria da defesa estresse oxidativo.

  • Vitamina E
  • A vitamina E tem demonstrado ter propriedades terapêuticas benéficas na saúde da próstata. Alimentos ricos em vitamina E são vegetais de folhas verdes, leite, ovos e todas as sementes cruas ou germinadas.

  • Zinco
  • Estudos indicam que o zinco tem propriedades terapêutica na redução do tamanho da próstata. Boas fontes alimentares de zinco incluem amêndoas, sementes de girassol, feijão, ovos, aveia, ostras, levedura nutricional, ostras e sementes de abóbora. Estes alimentos podem melhorar os efeitos da prostatite (aumento da próstata) e melhorar a micção (urinar) difícil.

  • Pólen de Flor
  • Pólen de flores pode ajudar a aliviar a prostatite. Ela possui propriedades anti-inflamatórias e antiandrogênico, o que significa que ajuda a neutralizar alguns dos efeitos do excesso de testosterona.

  • Suco de Arando
  • Suco de Arando pode ser benéfico para patologias da próstata e ajuda a prevenir a aderência das bactérias às paredes do sistema urinário, impedindo, assim, o risco de inflamação.

  • Dieta e Estilo de Vida Saudável
  • A dieta rica em fibras, um estilo de vida saudável e exercício físico podem reduzir o risco de patologias da próstata.
    Uma dieta rica em fibras pode ajudar a promover a eliminação normal de toxinas do organismo, favorecendo todo o organismo a se manter saudável.
    Uma dieta excessivamente rica em gorduras pode ser um dos fatores que contribuem para o aumento da próstata. O mesmo é verdadeiro no caso da carne vermelha que pode contribuir para níveis elevados de colesterol, o que pode prejudicar a função da próstata.
    Evitar também alimentos fritos que podem contribuir para o endurecimento das artérias e bloqueio no trato urinário.

Referências
http://www.sciencedirect.com/science/article/pii/S092544390500013X

http://www.sciencedirect.com/science/article/pii/S0003986104002620

http://onlinelibrary.wiley.com/doi/10.1002/mnfr.200600296/abstract

http://onlinelibrary.wiley.com/doi/10.1002/mnfr.200600296/abstract

http://jnci.oxfordjournals.org/content/95/13/1004.short

Remédios Naturais
RemédiosNaturais.info é uma publicação online de autores profissionais de saúde, nutricionistas e técnicos especialistas de diversas áreas de saúde.

Este Artigo Informativo Não Substitui o Aconselhamento Médico. Consulte Sempre Ajuda Profissional de Saúde Nas Suas Decisões