Alimentos Ricos em Lítio e Indicações Terapeuticas

O lítio é um elemento se encontra na natureza da mesma forma como o magnésio ou o cálcio.
É um metal que existe naturalmente em rocha e solo, existindo em proporções variadas no solo em diferentes partes do mundo, o que influencia a quantidade de lítio que existe nos alimentos ou água.

Um estudo publicado na “Journal of the American College of Nutrition” afirma que o lítio pode ser importante no desenvolvimento fetal precoce e para o bom funcionamento de enzimas e hormônios.

O lítio também é usado como um medicamento para controlar a doença bipolar ou Alzheimer.

Lista de Alimentos Ricos em Lítio (Quantidade micrograma de Lítio por kilograma de alimento)

Alimento Lítio (microgramas por Kg de alimento)
Leite 7533
Ovos 7373
Tomates 6707
Cogumelos 5788
Pepinos 5017
Porco 3844
Chá Verde 3737
Repolho Roxo 3579
Couve-flor 3462
Vaca 3428
Aves 2379
Paprica 2316
Espargos 2217
Repolho Branco 1874
Arenque 1734
Cacau 1728
Batatas 1592
Maças 1449

Outros Exemplos de Alimentos Ricos em Lítio

  • Vegetais e Grãos
  • O lítio é naturalmente presente em muitos vegetais e grãos. Segundo um estudo publicado no “Journal of the American College of Nutrition”, vegetais e grãos podem conter entre 0,6-3,9 miligramas por kg. O estudo afirma ainda que uma dieta vegetariana pode fornecer mais lítio do que uma dieta rica em produtos de origem animal. No entanto, a quantidade de lítio varia dependendo da quantidade no solo onde as plantas crescem. Os vegetais com maior concentração de lítio são o pimento, batata e tomate.

  • Sementes de Mostarda
  • Mostardas de todos os tipos, especialmente mostarda orgânica.

  • Sardinhas
  • Sardinhas e outros peixes e produtos do mar são boas fontes de lítio.

  • Kelp
  • Kelp são algas que crescem em florestas de algas em oceanos rasos.

  • Pistache
  • Pistache em bruto ou torrado também é uma boa fonte de lítio.

  • Laticínios
  • Todos os laticínios, como leite e queijo são ricos em lítio porque são absorvido pelo gado leiteiro na sua comida e água e liberado no leite.

Funções do Lítio no Corpo Humano e Possíveis Usos

  • Protege o Cérebro / Desenvolvimento Mental / Tratamento de Patologias Neurológicas
  • Protege o cérebro contra danos causados ​​por estresse oxidativo e pode promover desenvolvimento mental. Por exemplo, estudos têm mostrado algum benefício com suplementos naturais de lítio em pessoas com doença de Alzheimer. Um estudo sugere que o lítio tem propriedades neuroprotetoras, principalmente envolvendo células do hipocampo (Moore et al, 2000;. Manji et al. 2001; Sassi et al. 2002; Kim et al. 2004; Chuang 2004; Chuang e Priller 2006)
    Aumenta a criação de matéria cinzenta no cérebro, mas ainda não está provado que isso melhore ou a inteligência. Na verdade o cérebro pode ser maior mas também menos eficiente. Outros autores defendem a teoria de que promover o desenvolvimento espiritual.
    Vários estudos têm confirmado que ligação entre altos níveis de lítio na água da torneira com a baixa incidência de suicídios, internações em hospitais psiquiátricos e homicídios.

  • Pode provocar um aumento na força e qualidade dos tecidos.
  • Laticínios são ricos em lítio

    Imagem de Keith Weller / Domínio Publico – Laticínios são ricos em lítio

  • Proteção Contra o Uso de Medicamentos Psicoativos
  • O lítio pode promover a Proteção contra o uso de medicamentos psicoativos ou de outros tóxicos que se acumulam no cérebro. O lítio pode ajudar a proteger o cérebro de pessoas que tomem antidepressivos, anticonvulsivos e outras drogas que afetam o cérebro.

  • Combater os Efeitos do Alcoolismo no Cérebro
  • O lítio pode ser útil em casos de alcoolismo para ajudar a proteger o cérebro dos efeitos nocivos do álcool.

  • Depressão
  • Em alguns casos de depressão, o aumento do consumo de lítio tem mostrado ser útil.

  • Intoxicação por metais tóxicos
  • No caso de intoxicação por metais tóxicos, o lítio pode proteger o cérebro.

  • Doença Bipolar
  • O lítio é utilizado por parte dos médicos tradicionais utilizando formas de lítio em doses altas.

Fontes

http://molpharm.aspetjournals.org/content/75/5/1021.short

http://www.thelancet.com/journals/lancet/article/PIIS0140-6736%2800%2902793-8/fulltext

Remédios Naturais
RemédiosNaturais.info é uma publicação online de autores profissionais de saúde, nutricionistas e técnicos especialistas de diversas áreas de saúde.

Este Artigo Informativo Não Substitui o Aconselhamento Médico. Consulte Sempre Ajuda Profissional de Saúde Nas Suas Decisões