Menopausa

A menopausa não é uma doença, mas uma nova fase na vida de uma mulher com mais idade. Este período da vida provoca a paragem da ovulação e consequentemente a menstruação.
Os níveis hormonais podem flutuar durante vários anos, até se tornarem finalmente bastante baixos. Nessa altura, os ovários começam a diminuir a produção de hormônios como o estrogênio, testosterona e progesterona.
Embora o estrogênio seja um hormônio sexual e reprodutivo importante, também está presente em outros órgãos para muitas outras funções, como seja para garantir o bom funcionamento dos ossos, coração, fígado e bexiga, assim como ajuda a manter a pele hidratada e saudável, e para regular a temperatura corporal.

O baixar dos níveis de estrogênio provoca mudanças na produção de colágeno, afetando o cabelo, unhas, pele e tendões. A pele pode ficar mais seca, mais fina, menos elástica e mais propensa a contusões e coceira.
Os principais sintomas da menopausa são: afrontamentos, suores noturnos, palpitações, insônia, dores nas articulares, dores de cabeça, secura vaginal, etc
A longo prazo, a falta de estrogênio pode contribuir para o desenvolvimento de doenças cardíacas, problemas cardiovasculares, osteoporose, cáries dentárias, e uma variedade de complicações vaginais.

A idade média da entrada no período da menopausa é de 51 anos, mas pode ocorrer mais cedo ou mais tarde. A menopausa ocorre antes dos 45 anos é chamada de menopausa precoce. A Perimenopausa é a fase do início dos sintomas da menopausa para a pós-menopausa. Pós-menopausa é o tempo após a última menstruação.

Joana Sousa

Tenho uma paixão enorme por temáticas relacionadas com Nutrição, Bem Estar e metodologias naturais. Sou autora de publicações online e Eng. Biomédica de formação. Certifique-se de consultar o seu médico nas suas decisões de saúde.

Este Artigo Informativo Não Substitui o Aconselhamento Médico. Consulte Sempre Ajuda Profissional de Saúde Nas Suas Decisões