Halitose (mau hálito) Parte 1-2

Um hálito fresco e agradável favorece as interligações sociais e a sua autoestima.
A halitose é frequentemente derivada de altos níveis de enxofre na sua boca, que causam o mau cheiro. Para diminuir os níveis de enxofre necessita de:
>>> Utilizar regulamente a escova de dentes e fio dental depois de cada refeição para manter os dentes livres de partículas de alimentos. É importante a lavagem dos dentes logo após as refeições pois é nessa altura que os ácidos destruidores do esmalte dentário estão mais ativos.
>>> Escovar a sua língua com a escova de dentes, ou use um raspador de língua comercial. Estudos demonstram que alguns casos de halitose têm origem na língua. Use um elixir bucal com compostos de zinco ou dióxido de cloro estabilizado.
>>> Consultar regularmente o seu dentista. Problemas associados com a saúde oral (cáries, tártaro) contribuem para mau hálito.

Estudos demonstram que a halitose afeta 50 a 65% da população.
Cerca de 90% dos casos tem origem na boca, devido a má higiene oral, doença periodontal, deficientes restaurações dentárias, cáries e infecções de garganta. Os restantes 10% são devidos a doenças sistêmicas, como úlcera péptica (quando associada com a infecção), infecções pulmonares (mau hálito pode ser o primeiro sinal, em alguns casos), de doença renal ou hepática, diabetes, câncer, ou mesmo até a imaginação (indivíduos saudáveis, queixam-se por vezes de mau hálito, mas que não está ligada a qualquer distúrbio clínico.

Halitose(mau hálito) Parte 1

Halitose(mau hálito) Parte 2

Remédios Naturais
RemédiosNaturais.info é uma publicação online de autores profissionais de saúde, nutricionistas e técnicos especialistas de diversas áreas de saúde.

Este Artigo Informativo Não Substitui o Aconselhamento Médico. Consulte Sempre Ajuda Profissional de Saúde Nas Suas Decisões