Cuidados a ter com a Erva S. João

A erva de S.João pode interagir fortemente com algumas substancias, nomeadamente pode cortar o efeito de determinados fármacos, pelo que deve consultar um médico ou fitoterapia antes de usá-la.

A erva de S. João pode cortar os efeitos da pílula anticonceptiva, existem alguns casos de gravidez indesejada por desconhecimento da interação que esta erva tem com várias substancias, nomeadamente com aquelas que resultam da pílula anticonceptiva, fazendo com que corte e efeito da mesma. Por isso se estiver grávida ou amamentando, a erva de S. João nunca deve ser utilizada.

Se se encontra a tomar qualquer tipo de antidepressivos, como o Prozac por exemplo, verifique com seu médico antes de tomar a erva de S. João.

Erva de São João deve ser tomado com as refeições, mas deve ter em atenção que a erva de S.João pode Interferir com a absorção de ferro e outros minerais no organismo,

A evitar juntamente com a Erva de S. João:

  • Qualquer tipo de anticoagulantes, deve procurar aconselhamento médico na interação com a erva de S. João para monitorizar parâmetros de coagulação.
Erva S. Joao

Erva S. Joao

  • Inalantes de Asma, aminoácidos, anfetaminas, medicamentos para a febre, resfriados ou febre do feno, pílulas de dieta, narcóticos, descongestionantes nasais. A interação com estes produtos pode causar náusea e pressão arterial alta.
  • A erva de S. João pode reagir negativamente com inibidores da protease, nomeadamente os utilizados no tratamento do HIV, aconselhe-se com o seu médico quanto à interação da Erva de S. João com a sua medicação resultando em uma diminuição na concentração ou efeito dos medicamentos.
  • Exposição exagerada à luz do sol. Evitar a exposição ao sol durante o tratamento, pode causar hiper-sensibilidade à luz solar se usada em grandes quantidades.
  • Se é um paciente de transplante, a automedicação com hipericão (Hypericum perforatum) pode levar a uma queda nos níveis plasmáticos da ciclosporina, causando a rejeição dos tecidos.
  • Se utiliza contraceptivos orais (pílula anticonceptiva), o consumo de erva de S. João pode causar sangramento inter menstrual, e interferir com a diminuição na concentração ou efeito dos medicamentos.
  • Erva de São João pode causar a síndrome da serotonina em pacientes sensíveis, e pode também estar associada com a perda de cabelo.
Remédios Naturais
RemédiosNaturais.info é uma publicação online de autores profissionais de saúde, nutricionistas e técnicos especialistas de diversas áreas de saúde.

banner300x250_fm_mapa_foto_mai14

Este Artigo Informativo Não Substitui o Aconselhamento Médico. Consulte Sempre Ajuda Profissional de Saúde Nas Suas Decisões