Como Eliminar o Excesso de Ácido Úrico

O ácido úrico é produzido a partir da decomposição natural das células do seu corpo e dos alimentos que você consome.
Um nível alto de ácido úrico no seu organismo pode ser causado pela produção excessiva de ácido úrico ou pelo facto de seus rins não eliminarem o ácido úrico em excesso com rapidez necessária.
A maior parte do ácido úrico é filtrado pelos rins e passa para fora do corpo na urina. Uma pequena quantidade passa para fora do corpo nas fezes. Se o excesso de ácido úrico produzido for demasiado e/ou se os seus rins não são capazes de removê-lo eficazmente, pode causar algumas patologias conhecidas.

Você pode saber qual o nível de ácido úrico no seu sangue através de um teste efetuado pelo seu médico.

Sintomas do Excesso de ácido Úrico

  • Gota
  • Os níveis elevados de ácido úrico no sangue podem causar cristais sólidos que se formam dentro articulações. Esses cristais podem acumular-se nas articulações e tecidos circundantes, formando outros depósitos duros e irregulares que podem se tornar bem dolorosos.

  • Pedra nos Rins, Insuficiência ou Doença Renal Crônica
  • A formação de cristais sólidos resultantes do excesso de ácido Úrico podem contribuir para a formação de pedras nos rins ou insuficiência renal (incapacidade dos rins de filtrar os resíduos).

  • Hipertensão Arterial
  • Doença cardíaca

Como Eliminar o Excesso de ácido Úrico Naturalmente

O nível elevado de ácido úrico pode ser reduzido com uma mudança na dieta. Mudanças simples como diminuir o consumo de carnes e preferir vegetais de folhas verdes, repolho e alimentos ricos em fibras podem drasticamente regular os níveis de ácido úrico.

  • Planta Uricosúrica

  • São plantas que atuam eliminando o ácido úrico na urina. Muitas destas plantas, são utilizadas como depurativas em casos de gota ou artritismo (reumatismo de origem úrica).
    Ex: Alquequenje, Arenária, Bardana, Bétula, Borragem, Calaguala, Cavalinha, Cerejeira, Choupo-negro, Dente-de-leão, Cana, Cardo-penteador, Cardo-santo, Erigerão, Feijoeiro, Freixo, Gilbardeira, Groselheira-espim, Granza, Guáiaco, Harpagófito, Milho, Morangueiro, Piteira, Quaresmas, Ulmeira, Urtiga-maior, Sabugueiro, Salsaparrilha-bastarda, Zimbro.

  • Consumir Alimentos Ricos em Fibra

  • Alimentos ricos em fibras alimentares podem ajudar a reduzir os níveis de ácido úrico no sangue. A fibra dietética ajuda a absorver o ácido úrico, permitindo que seja eliminado do seu corpo através de seus rins. Aumente o consumo de fibras solúveis na dieta como vegetais de folhas verdes, repolho, espinafre, aveia ou brócolis.

  • Aumentar o Consumo de Vinagre de Maça

  • O vinagre de maçã pode ajudar a diminuir os níveis de ácido úrico, alterando os valores do PH do seu sangue.

  • Estilo de vida, Açúcar, Gorduras e Álcool

  • A gordura saturada, gordura trans, o açúcar e o álcool são os maiores contribuintes para o aumento do nível do ácido úrico e de triglicerídeos (um tipo de gordura que podem entupir artérias e aumentar o risco de ataques cardíacos e derrames).

    banner300x250_fm_mapa_foto_mai14

    O álcool interfere com a eliminação de ácido úrico do seu corpo. O excesso de consumo de cerveja tem sido associado como um dos fatores causadores de gota.

    Prefira grãos integrais, frutas e legumes e evite carboidratos refinados como pão branco, bolos e doces.

  • Gordura Animal em Excesso

  • Diminua o consumo de carnes, aves e peixes. As proteínas animais são ricos em purinas que vai resultar em altos níveis de ácido úrico no organismo.

  • Antioxidantes

  • Os alimentos ricos em antioxidantes têm vitaminas que previnem que as moléculas de radicais livres ataquem as células de órgãos e tecidos muscular e podem ajudar na redução dos níveis de ácido úrico.
    Alimentos ricos em antioxidantes incluem: frutas e legumes como tomate, pimentão vermelho, mirtilos, brócolis ou uvas.

Remédios Naturais
RemédiosNaturais.info é uma publicação online de autores profissionais de saúde, nutricionistas e técnicos especialistas de diversas áreas de saúde.

Este Artigo Informativo Não Substitui o Aconselhamento Médico. Consulte Sempre Ajuda Profissional de Saúde Nas Suas Decisões