Fast-Food Ligada a Asma, Eczema e Rinite

De acordo com um estudo internacional publicado na revista cientifica Thorax, “Crianças que comem fast-food três ou mais vezes por semana estão mais susceptíveis a desenvolver reações alérgicas graves como crises de asma, eczema e febre do feno (rinite).”

De acordo com os investigadores deste estudo, foram reunidos dados de mais de 500,000 pessoas em 82 países. Foi encontrada uma correlação entre hábitos alimentares e sintomas como asma, nariz entupido, olhos irritados e lacrimejantes e eczema. O estudo chegou à conclusão que o consumo de Fast food está ligado a condições de alergias variadas.

Estudos anteriores já tinha chegado à conclusão que a alimentação fast-food contribuía para a obesidade, diabetes, doenças cardiovasculares, resfriados e para o enfraquecimento do sistema imunológico. Este estudo mais recente vem apontar um novo fator de risco relacionado com alergias.

As principais causas para este facto têm a ver com ás gorduras trans e saturadas e ao excesso de sódio e carboidratos refinados presentes em comidas fast-food. Estas contribuem para o aumento de processos inflamatórios no organismo, que estão identificados como coadjuvantes a estados alérgicos vários.

As Implicações de Saúde da Comida Fast-Food

Consumir três ou mais refeições semanais de fast food foi associado com um aumento entre 20 a 40 por cento o risco de asma grave, rinite e eczema entre crianças e adolescentes.

hamburger

Comida Rápida e os Efeitos na Saúde


De acordo com Hywel Williams, um dos pesquisadores deste estudo, “este é o maior estudo até à data sobre alergias em pessoas jovens em todo o mundo e os resultados são notavelmente consistentes em todo o mundo, independentemente da rendimentos familiares.
Estes resultados têm grandes implicações na saúde pública, dado que estas doenças alérgicas parecem estar a aumentar ao mesmo ritmo que a comida fast food se torna cada vez mais popular”.

De acordo com Samantha Heller, fisiologista coordenadora de nutrição clínica do Centro de tratamento de câncer no Hospital Griffin, nos Estados Unidos, “Comer comida rápida não é saudável para uma infinidade de razões. É famosa por ser rica em sódio(sal), gorduras saturadas, carboidratos, gorduras trans e nutrientes refinados/processados​. Por outro lado, as comidas Fast Food são geralmente pobre em nutrientes essenciais e saudáveis, como vitaminas, minerais, gorduras insaturadas ​​e fibras.

Como Contrariar os Efeitos da Alimentação Fast-Food

Segundo o mesmo estudo, a Fruta e os vegetais parecem reduzir a incidência e gravidade das condições e a severidade de alergias como asma, eczema e rinite.

Os compostos saudáveis como vitaminas, minerais, antioxidantes e gorduras saudáveis ​​têm uma importância vital na imunidade do corpo todo.

Na sua dieta diária deve optar por comer em casa com mais frequência. Não só poupa dinheiro, mas também mantém a família saudável. Pode fazer refeições saudáveis ​tipo fast-food em sua própria cozinha.
Aumente o consumo de vegetais, nomeadamente legumes e frutas, bastando para isso que puxe pela imaginação para acrescentar este tipo de alimentos nos seus pratos diários. A dieta de tipo mediterrânica rica em alho, oréganos e óleo de oliva também são boas opções a adicionar á sua dieta para uma alimentação saudável.

Conclusão

Embora os resultados não confirmem uma relação de causa e efeito, estudos anteriores mostraram que as gorduras saturadas podem influenciar a imunidade, que por sua vez pode tornar os sistemas imunológicos mais sensíveis aos alérgenos que beneficiam alergias tais como rinite alérgica e asma e eczema.
O fato de que os consumidores de fruta com regularidade estão mais protegidas contra essas condições também apoia essa ideia.

As frutas são normalmente ricas em antioxidantes que podem combater o dano celular e aumentar a saúde do sistema imunológico. Fast food pode ser conveniente por ser comida rápida, mas os dados mais recentes sugerem que o preço dessa facilidade pode ser demasiadamente alto.

Remédios Naturais
RemédiosNaturais.info é uma publicação online de autores profissionais de saúde, nutricionistas e técnicos especialistas de diversas áreas de saúde.

Este Artigo Informativo Não Substitui o Aconselhamento Médico. Consulte Sempre Ajuda Profissional de Saúde Nas Suas Decisões